Os guarda-chuvas Clima foram os protagonistas da apresentação da nova temporada do teatro Tantarantana

01 Outubro 2019

Para a maioria, os guarda-chuvas são um complemento de moda que nos protege da chuva. No entanto, um guarda-chuva é muito mais do que isso. Pode ser um símbolo de distinção, um apoio para caminhar ou, no caso do teatro Tantarantana e CLIMA, um elemento essencial das suas respetivas histórias.

Em CLIMA somamos já mais de 100 anos a criar guarda-chuvas, e o centro de criação e atividades cénicas Tantarantana nasceu numa fábrica de guarda-chuvas. Este foi o motivo pelo qual, em meados de setembro, os guarda-chuvas foram os protagonistas da conferência de imprensa e do ato de apresentação da programação da nova temporada 2019-2020 do coletivo Tantarantana.

Nas escadas de acesso, no teto da sala, junto ao ecrã de projeção e em vários recantos deste viveiro de criatividade teatral que é Tantarantana, mais de 50 guarda-chuvas CLIMA recordavam às companhias teatrais e aos meios de comunicação a origem industrial do espaço, e representavam também os conceitos de abertura, proteção, acolhimento e encontro que refletem a originalidade da proposta deste coletivo de teatro.

Em CLIMA temos sempre o maior prazer em colaborar com entidades culturais e com iniciativas criativas de todo o tipo, como forma de conhecer novos caminhos criativos e de alimentar a chama da inspiração. Aproveitamos esta ocasião para agradecer o convite de Tantarantana para participarmos neste evento de apresentação da nova temporada.

Para conhecer a decoração do espaço e as novidades para esta temporada do coletivo Tantarantana, não perca as fotos e o vídeo que acompanham este post.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicar comentário